Como Harmonizar Carnes Vermelhas e Vinho

Olá carnívoros! Como vão?
Para quem gosta da boa gastronomia ou para quem somente aprecia uma boa carne e um bom vinho, saber como harmonizar ambos para que fiquem em completa harmonia deve ser essencial!
Mas se você não sabe como fazer isso, não se preocupe, pois o içougue preparou esse post especialmente pra você!

Alguns pontos devem ser levados em consideração ao harmonizar a carne com o vinho, como por exemplo, conhecer os temperos utilizados na preparação do prato para que os sabores possam combinar e para que o sabor de um não sobreponha o outro!

Carnes Vermelhas:
Há muitas receitas que envolvem a carne vermelha e, por esse motivo, cada uma exige um tipo de vinho, bem como cada tipo de corte. Teremos a seguir alguns exemplos:

 

Alcatra, Maminha e Picanha
Para essas peças de carne, é recomendado vinhos encorpados com tanino marcante (mais conhecidos como vinho “amarra boca”) para que essa sensação do composto equilibre a gordura da carne no paladar. Vinhos como Cabernet Sauvignon, Malbec e Merlot são os mais apreciados com essa descrição.

 

Contrafilé
O contrafilé combina com vinhos que contenham potência e aroma satisfatórios, porém, com taninos mais suaves. Por conta dessa composição, a carne e o vinho harmonizam com mais facilidade. O vinho Tinto Sirah e Rosé são combinações perfeitas.

 

Cupim
Essa peça de carne vai bem com vinhos de aroma frutado, que contenham potência e taninos mais suaves. Vinhos Rosé e tintos como Cabernet Franc e Carménère são os mais sugeridos.

 

Costela
A costela é uma carne de sabor marcante e forte, além de possuir alto teor de gordura. Com essas informações, para harmonizá-la com algum vinho, você terá duas opções: escolher vinhos com sabores igualmente marcantes para complementar o sabor da carne ou adequar com um vinho suave para preservá-lo.
As opções de vinhos para quem quer ousar são: Cabernet, Malbec, Merlot, Sauvignon, Sirah e Tannat. Para quem deseja o paladar mais suave e harmonioso, temos: Pinot Noir.

 

Coxão Duro e Coxão Mole
Esses cortes de carne também pedem por vinhos com alto teor de tanino, para igualmente equilibrar a gordura da carne no paladar.
Vinhos como Cabernet, Malbec, Merlot e Sauvignon são os mais aconselháveis.


Filé Mignon

O Filé Mignon é uma carne nobre e assim como ela, merece um vinho a altura! Vinhos de taninos mais elegantes, como o Pinot Noir, Chardonnay e vinhos rosé.

 

Fraldinha
Para esse tipo de corte, vinhos que contém bastante corpo e estrutura são os preferidos. Entre eles, temos o Cabernet, Malbec, Merlot, Sauvignon e Tannat.

 

Lagarto, Músculo e Patinho
Essas peças de carne pedem por vinhos intensos e potentes, que contenham a presença de taninos importantes para que haja equilíbrio entre a estrutura da carne no paladar. Os vinhos que harmonizam com ambas as carnes são: Canaiolo, Malvásia, Nebbiolo, Sangiovese e Trebiano. Vinhos Italianos Barbaresco, Barolo e Chianti Clássico.

 

 

E aí, já testou alguma combinação dessas antes?
Se ainda não testou, escolha uma peça de carne e um dos vinhos que harmonizam ao paladar e faça um jantar sensacional! Mas não esqueça de tirar uma foto e nos marcar em suas redes sociais! [@icougueonline]
Continuem por dentro do conteúdo do nosso blog e até o próximo post!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar HTML tags:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>