Como Identificar se a Carne está ou não Estragada?

Olá carnívoros de plantão! Como estão?
Quantas vezes você já comprou uma carne e esqueceu na geladeira? E quantas dessas vezes você jogou a carne fora por não saber se ela estava estragada ou não? Hoje em dia jogar carne fora é quase um pecado capital, pois os preços vem crescendo de acordo com os anos. Pensando nisso, o içougue resolveu trazer até vocês algumas dicas para identificar se a carne está ou não estragada! Vamos descobrir juntos?

 

COMO IDENTIFICAR SE A CARNE ESTÁ OU NÃO ESTRAGADA?

Quem compra carne em bandejas nos supermercados sempre verifica a data de validade do produto, não é mesmo? Porém, na maioria das vezes, a data não significa nada. Para identificar se a carne está ou não estragada é preciso ser mais cauteloso.
Cheiro, cor, textura e temperatura são os 4 principais fatores para se notar ao comprar esse tipo de produto, além é claro, do valor. Quando a carne estiver muito mais barata do que o normal, desconfie, pois a mesma pode não estar em boas condições.
O consumo de carnes estragadas é extremamente preocupante, pois as mesmas podem estar contaminadas podendo causar infecções gastrointestinais sérias, como a salmonela por exemplo, que atinge principalmente pessoas com o sistema imunológico delicado, como idosos, crianças e gestantes, podendo trazer problemas sérios à saúde e até risco de morte.

 

Carne de Boi e de Porco
Para identificar se a carne está ou não estragada, no caso das carnes de boi e porco, basta olhar a coloração que possivelmente estará com tons de cinza com manchas esverdeadas, forte odor e textura rançosa e viscosa.

 

Carne de Frango
Já no caso da carne de frango, o odor é extremamente forte remetendo ao azedo, a coloração é pálida com nuances amareladas e esverdeadas e a textura é viscosa.

 

Carne de Peixe
Para identificar se a carne de peixe está ou não estragada, basta se atentar ao odor, que remete ao cheiro de amônia. A coloração fica amarelada, acinzentada ou amarronzada dependendo do peixe. Referente ao aspecto, se o peixe começar a descamar ou estiver duro é um sinal de que não está próprio para consumo.

 

Como evitar que a carne estrague?
Simples! Basta armazená-la de maneira apropriada!
Lembre-se de que a carne é um alimento perecível, ou seja, a mesma pode ser contaminada por bactérias e germes ao longo de um tempo determinado. Certifique-se de que a carne que você está comprando está armazenada adequadamente em uma temperatura de 0°C a 2°C! No caso de comprar a carne já congelada, o indicado é coloca-la diretamente no freezer. Dependendo do tipo das carnes, as mesmas podem ficar no freezer por até 6 meses, como os bifes de carne e frango por exemplo, então, caso queira fazer uma compra maior, não perderá nada! Já no caso da carne moída, o prazo é de 3 meses. Se por acaso você descongelou a carne, cozinhou e guardou o resto na geladeira, ela pode ser consumida por até três ou quatro dias. Caso a carne tenha sido comprada fresca e o intuito é congelar, o ideal é temperar o alimento e depois guardar no freezer por até seis meses. No entanto, no momento de preparo é sempre importante observar o estado da carne antes de adicionar na panela, e o mais importante: jogar o produto fora se houver qualquer suspeita em relação à procedência.

E aí, aprendeu como identificar se a carne está ou não estragada? Fique atento ao nosso blog para mais conteúdos e curiosidades sobre esse mundo carnívoro!
Até o próximo post!

 


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar HTML tags:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>