Segredos do Churrasco Gaúcho

Que o churrasco gaúcho é conhecido nacionalmente não é nenhuma novidade. Suas deliciosas carnes são referência em todo o país por serem consideradas as melhores já provadas.
Mas afinal, o que o churrasco gaúcho tem de diferente?
Venha saber mais sobre os segredos do churrasco gaúcho e torne-se um churrasqueiro de primeira!

 

SEGREDOS DO CHURRASCO GAÚCHO

 

Fogo
Manusear o fogo de forma errada pode acabar com o churrasco. A maior dica dos gaúchos referente ao fogo no churrasco é acender o carvão com antecedência, para que desta forma, a fumaça inicial (que deixa a carne com cheiro e gosto ruim) seja liberada e não afete todo o churrasco. O momento certo de colocar a carne para assar é quando surgem camadas cinzas em cima do carvão, juntamente com as brasas do fogo.

Distância entre as brasas
A distância entre as brasas e a carne também são tão importantes quanto a forma de manusear o fogo. Se o espeto estiver perto demais do fogo, a carne queimará por fora e ficará crua por dentro. Se o mesmo estiver muito longe, a carne vai assar, mas em contrapartida perderá seu sabor. A distância considerada ideal é quando a gordura pinga na brasa e a mesma não levanta labaredas.

 

Espeto e Grelhas
É recomendado utilizar os espetos com cabo de madeira, pois o mesmo protege o assador de queimaduras. Escolhe-los em formatos largos e duplos também é válido, para que a carne possa ser assada em qualquer lado. Os espetos são recomendados para cortes de carne menores, como por exemplo costelas e medalhões.
Já as grelhas são recomendadas para cortes de carnes maiores, como a picanha, a fraldinha e o contrafilé. Utilizando a grelha para assar as carnes maiores, o seu suco fica concentrado, tornando-as mais macias.

 

Facas
Fizemos um post recentemente sobre como cuidar das facas para churrasco, dê uma olhadinha por lá!
https://icougue.com/blog/como-cuidar-das-facas-para-churrasco/

 

Sal Grosso
O único tempero utilizado no churrasco gaúcho. É isso mesmo, você não leu errado! O erro que a maioria comete é colocar o sal grosso na carne crua. Ao fazer isso, a carne pode ficar endurecida e seca. O mais indicado é levar a carne ao fogo e apenas depois que a mesma pegar cor, adicionar o sal. O ideal é, após salgar, voltar com a carne ao fogo e quando o sal ficar com aspecto esbranquiçado, tirá-lo delicadamente.

 

Escolha da Carne
Uma das partes mais importantes para qualquer churrasqueiro, a escolha da carne é crucial para um bom churrasco. No geral, os cortes são basicamente os mesmos, mas deve-se prestar bastante atenção ao escolhe-los. A coloração vermelha rosada ajuda a identificar se a carne está ou não está fresca. Os cortes embalados a vácuo também são os mais indicados pois mantém a carne fresca por mais tempo.

 

O que acharam dos segredos do churrasco gaúcho? Fiquem por dentro do nosso blog para mais novidades e temas como esse!
Até o próximo post!

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar HTML tags:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>